Aliados negam Tia Eron no ministério dos Direitos Humanos

Especulada para assumir o posto de Luislinda Valois no Ministério dos Direitos Humanos, a deputada federal licenciada Tia Eron fica na Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza de Salvador (Semps), garantem aliados ao bahia.ba.

Integrante da bancada do PRB na Câmara, Márcio Marinho disse “desconhecer” qualquer negociação para levar a correligionária para a Esplanada dos Ministérios.

“Olha, ela tem todos os predicados para ser ministra, mas acho que nesse momento não existe negociação para a ida para a pasta. Não sei de onde surgiu. Dentro do partido, eu desconheço essa negociação. Não tem nada que eu saiba”, garantiu.

Líder do prefeito ACM Neto na Câmara Municipal de Salvador e amigo de Eron, Henrique Carballal (PV) também não crê na saída da titular da Semps da pasta. “Acho improvável, ela é candidata e tem que se desincompatibilizar em abril”, resumiu.

Vice-líder do governo, Duda Sanches (DEM) também acredita que Eron fica. “Ela faz um bom trabalho aqui. Espero que fique, mas é uma decisão que só cabe a ela”, disse.

Eronildes é especulada a compor a chapa ao governo do Estado liderada pelo prefeito ACM Neto, ou como vice ou postulante ao Senado. Se não conseguir a indicação, tentará a reeleição de deputada.

Fonte: Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *