Após dois dias, indígenas desocupam fazenda de Geddel

Os indígenas que voltaram a ocupar  na última segunda-feira (25), a Fazenda Esmeralda, da família do ex-ministro Geddel Vieira Lima, na zona rural de Itapetinga, no sudoeste da Bahia, deixaram o local nesta quarta (27), segundo a Polícia Militar.

A corporação informou que a saída ocorreu de forma pacífica, após negociação da PM com os líderes do grupo. Ninguém foi preso. Durante os dois dias em que estiveram na fazenda, os índios mataram um boi. Não houve, porém, danos à propriedade.

A área já havia sido invadida anteriormente, em setembro deste ano. Os indígenas dizem que a terra é sagrada e querem que a região seja demarcada. Com informações do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *