Associação quer fim do carnaval na Barra

A Associação de Moradores e Amigos da Barra (Amabarra) pediu ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) que recomende o fim do carnaval no bairro. A informação foi confirmada pelo presidente da Amabarra, Waltson Campos.

“Não há interesse de ter o carnaval nos moldes de hoje lá na Barra. Esse modelo atual beneficia poucos em detrimento de muitos que são prejudicados”, reclamou.

De acordo com Campos, o MP abriu inquérito após sucessivas reclamações do grupo sobre as “diversas irregularidades que a ‘carnavalização’ promove na Barra”.

“Tivemos algumas reuniões com órgãos da prefeitura, com o MP e conseguimos algumas vitórias, como, por exemplo, o fim do palco na talude do Farol da Barra”, apontou.

Há, porém, insatisfação com a montagem de estruturas em vias próximas ao circuito da folia. “Tem montagem de camarote, de posto de saúde, de posto da PM com dez, 15, 20 dias antes da festa. Isso tudo ocupa quase todo passeio, ocupa a rua”, disse.

Renovado, o gramado em frente ao Farol da Barra, acredita Campos, não resistirá à Folia de Momo desse ano. “Essa obra foi dinheiro jogado fora, no ralo”, atacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *