Bolsonaro assina decreto que corta 13,7 mil cargos em universidades públicas

O presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que prevê o corte de cargos, funções e gratificações na administração pública, na última quarta-feira (13), mas os detalhes sobre áreas afetadas foi omitido. A ação vai extinguir cerca de 21 mil cargos ao todo.

Desse total,13,7 mil cargos são de trabalhadores que atuam nas universidades públicas de todo país, o que representa 65% do total do corte.

Dentre as eliminações, estão: direção funções comissionadas de coordenação de cursos e gratificações concedias a professores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *