Deflagrada operação contra drogas no Aeroporto de Salvador

Deflagrada no última dia 17, a operação Voo Legal, que tem como objetivo impedir a entrada de drogas, armas e contrabando no estado, abordou cerca de 4 mil pessoas, até esta quinta-feira (1º), no Aeroporto Internacional de Salvador.

A ação é coordenada pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) em parceria com Polícia Federal (PF), Receita Federal e apoio da Coordenação de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil.

Os voos vistoriados são escolhidos pela PF, com base no conhecimento de rotas que têm a maior probabilidade de flagrar traficantes e contrabandistas. “O avião, então, é orientado a fazer o desembarque em local onde o fluxo é menor, evitando transtorno à rotina do aeroporto”, explica delegada Indira Croshere, da PF.

As bagagens de todos os passageiros são submetidas a scanners que podem identificar algum item suspeito. Os cães farejadores da COE também estão de prontidão na ação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *