Espetáculo “Gaiola, o Caçador de Solidão” de Lauro de Freitas-Ba, vence festival de monólogos em fortaleza

“Olá galera, hoje foi um dia muito especial. Na VI edição do Festival Nacional de Monólogos – Solos Brasileiros em Fortaleza, ficamos em primeiro lugar, (Melhor Espetáculo), com “Gaiola, O Caçador de Solidão”, onde fomos também destaques de Cenário e Iluminação. Já com “O Candelabro”, fomos destaque com a Direção. O teatro baiano e ipitanguense bem representados. Evoé!!!” – Assim comemorou Duzinho Nery, em sua Rede Social, após a premiação. E complementa “Este é o nosso troféu de Melhor Espetáculo no Festival de Monólogos -Solos Brasileiros, confeccionado em bronze. Para a gente o valor desta conquista é imensurável.”

 

Tudo isso porque a Cia. Távola de Teatro da cidade de Lauro de Freitas, recebeu o prêmio de Melhor Espetáculo no VI Festival de Monólogos – Solos Brasileiros, que foi realizado de 15 a 20 de fevereiro, pela Palmas Produções Artísticas no palco principal do Theatro José de Alencar na capital cearense com a participação de catorze espetáculos dos estados do Ceará, São Paulo, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Bahia.

00 Gaiola

A Cia. Távola apresentou dois espetáculos, “Gaiola, O Caçador de Solidão” e “O Candelabro”, ambos foram muito bem avaliados pelo público e pela crítica teatral cearense. Mas o solo “Gaiola…”, atuado pelo ator Léo Santis, se consagrou como o Melhor Espetáculo e sendo destaque nas categorias de Cenário (Marcos Costa) e Iluminação (Thelma Gualberto). Já o espetáculo “O Candelabro”, atuado por Ruth Marinho, foi destaque como Melhor Direção (Duzinho Nery).

00 Candelábro

A solenidade de premiação aconteceu no último sábado (20), com a presença de autoridades e personalidades da arte cearense, como o presidente do SATED-CE Oscar Roney e da diretora do Theatro José de Alencar, Selma Santiago que representou o Secretário de Cultura do Estado do Ceará, Guilherme Sampaio.

00 Theatro

A atriz Ruth Marinho viveu momentos tocantes. Com o resultado no festival, o espetáculo “O Candelabro”, foi convidado para participar de outros festivais no Brasil, onde a partir de abril inicia uma turnê por Minas Gerais, Espirito Santo e Rio de Janeiro. “Muito feliz! Após a nossa apresentação o público veio até a mim agradecer pela mensagem. Principalmente as mulheres, que se sentiram aliviadas através da voz de Maria Aurora, personagem que vivo na encenação”.

Para Duzinho Nery, o diretor e autor dos espetáculos baianos, foi muito gratificante ser reconhecido mais uma vez fora do estado. “Fico envaidecido em ter dois trabalhos reconhecidos em Fortaleza. Levar a nossa arte e a nossa mensagem para públicos diferentes não tem preço. Nosso papel como artista e como cidadão é este, transgredir, tocar e sensibilizar”. Concluiu o diretor.

A Cia. Távola de Teatro no ano de 2016 tem uma extensa agenda, onde participará de vários festivais pelo país. Ambos os espetáculos “Gaiola, O Caçador de Solidão” ficarão em cartaz em Lauro de Freitas e “O Candelabro”, entrará em cartaz também na capital baiana.

Confira o vídeo e a emoção da equipe com a premiação:

 

Fonte: Catiripapu

Fotos: Reprodução Catiripapu / Facebook 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *