“EU MANTINHA MINHA FAMÍLIA COM ESSE RIO” – SEU APRÍGIO, PESCADOR

No projeto verão da Gente elaborado pela Prefeitura de Municipal de Lauro de Freitas, constam serviços de manutenção geral e limpeza urbana, ordenamento do trânsito, especialmente no acesso às praias, ordenamento do comércio informal, ações educativas e intensificações da limpeza urbana, principalmente nas áreas das praias.

Mas na praia de Buraquinho, as belezas naturais contrastam com a atual situação de abandono do local, causando insatisfação nos moradores do município, nos barraqueiros e também nos turistas.

O rio Joanes nasce em São Francisco do Conde e passa por São Sebastião do Passé, Candeias e Camaçari, ele integra a Área de Proteção Ambiental Joanes – Ipitanga, que abrange ainda os municípios de Simões Filho, Salvador e Dias D´Ávila.

Em Buraquinho, no município de Lauro de Freitas, ele encontra com o mar, formando uma paisagem bonita, mas poluída.

Mauro Cardin, empresário e morador da cidade, diz ter convivido com a família na praia de Buraquinho, desde criança e relata “Isso é uma beleza natural, que nós, junto com o poder público, destruímos. Então chegou a hora do poder público ter um pouco mais de atenção, não indicaria essa praia nem pra um amigo, nem pra um inimigo.”

Desde pequeno, quando começou a pescar, Sr. Aprígio viu na foz do rio Joanes o seu sustento para a vida inteira, ele se lembra da água límpida e de como o rio podia ser aproveitado. “Me sinto acabado, porque eu mantinha minha família com esse rio, com pescaria e ostra”.

Barraqueiro há 32 anos, Sr. Aprígio sofre com a atual situação do rio na praia de Buraquinho. “Comecei a vida como pescador, hoje o rio está poluído, não existe mais rio. Toda semana sai a matéria, dizendo que a praia é imprópria para banho”.

É justamente em Lauro de Freitas, que o rio sofre com a maior poluição e há cerca de quatro anos, a praia de Buraquinho vem sendo avaliada e apontada como imprópria para banho, pelo Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos.

E ficamos aguardando a gestão do atual prefeito Márcio Paiva, se mobilizar para tal, gestão que se aproxima do final, entra em seu último ano, ano eleitoral, mas falta sensibilidade e preocupação com o meio ambiente, isso também é cuidar da gente.

 

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *