Feriado da Páscoa é prejudicado por chuvas e cancelamentos de vôos

O feriadão de semana Santa em Salvador tinha muita expectativa no trade turístico, até meados do mês de março, mas o otimismo do setor caiu devido ao período chuvoso e aos cancelamentos de voos da companhia Avianca, que resultaram na diminuição da procura de Salvador nos mecanismos de busca de viagens e no cancelamento de hospedagens que já haviam sido agendadas.

Segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA), Glicério Lemos, a taxa de ocupação hoteleira deve ficar em 50% durante o feriadão de Páscoa.

“É um número muito baixo. A movimentação não está como a gente esperava. Os problemas da Avianca trouxeram muitos cancelamentos. O mercado não dispõe de aeronaves para repor esses voos, por isso estamos muito preocupados. Como sempre, quem vai sofrer é a hotelaria”, afirmou.

Apesar de o período não ter boa projeção de movimentação turística em Salvador, regiões do litoral norte e municípios vizinhos estão entre os destinos mais procurados pelos brasileiros para curtir a folga em abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *