Fiscalização dos preços cobrados por postos de combustível gera polêmica

O Ministério da Justiça publicou nesta quarta-feira (6) no “Diário Oficial da União” uma portaria que determina aos Procons estaduais e municipais exigirem dos postos de combustível a exibição “de forma clara e ostensiva” dos preços do diesel antes e depois da greve dos caminhoneiros.

A portaria contém ainda outras determinações que regulamentam a fiscalização em postos de combustível para verificar se a redução no preço do diesel está efetivamente sendo repassada ao consumidor.

Ao criticar a ameaça de uso de força e o tabelamento de preços, o presidente da Plural, entidade que representa o setor de distribuição, Leonardo Gadotti, alertou que “a Venezuela começou assim”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *