Funcionário eletivo é pra servir a população e não ficar rico, gente isso é evidente – Luiz Bacelar, Pré Candidato a Prefeito

Ainda na entrevista concedida ao programa Região Metropolitana em Debate, programa independente, apresentado por Ruy Pontes e que vai ao ar toda sexta feira, na LFTV e na TV Sempre, o presidente do PTC em Lauro de Freitas e Pré-Candidato à Prefeitura de Lauro de Freitas nas próximas eleições, Luiz Bacelar deixou uma boa impressão ao ser muito claro em suas colocações.

Quando o assunto foi a opinião dele à cerca de gestões anteriores, Luiz Bacelar afirmou que “A ex-prefeita ficou 8 anos no governo, se perguntar qual o legado que ela efetivamente deixou, eu diria que foi apenas o restaurante popular”. Explica ainda que, as demais obras viriam naturalmente, por que foram do Governo Federal.

Em seguida, foi questionado sobre o pensamento dele a respeito de dois dos maiores programas de Governo Federal atual e Bacelar explicou “Os programas Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida não são mais um programa de Governo, devem continuar, são programas de Estado. Todo e qualquer prefeito, pode trazer e deve trazer”.

Em seguida o papo ao longo do programa foi sobre honestidade à frente de qualquer gestão “A grande obrigação é não roubar. Tem gente tendo que devolver dinheiro. Isso a gente não pode aceitar” argumentou.

E definiu não ser por meio de um cargo público o caminho para o enriquecimento “O funcionário eletivo tem que servir a população e honrar o imposto que ela paga e não ficar rico, gente isso é muito evidente”.

E voltando ao cenário municipal e as orgias cometidas com o erário da cidade, Luiz Bacelar afirma que “Todo mundo sabe quem asfalta a cidade, todo mundo sabe quem vende medicamentos. São comprados com valores exorbitantes”. Diz não aceitar esse tipo de conduta, nem dele, nem de ninguém “Se eu souber de algum indício de corrupção por parte de um secretário meu, ele será afastado, será investigado e ao final das investigações, veremos se ele está apto a retornar ou não”.

Completa ao lembrar que os gestores anteriores estão com problemas nas contas que deixaram para a cidade “Todos os gestores que passaram, tem problemas com as contas que deixaram. Eu não sou igual a isso aí. Eu não aceito ser igual aos outros”, finaliza Luiz Bacelar.

A equipe LFTV vai trazer mais trechos dessa excelente conversa, mas não deixe de assistir a entrevista completa, segue o vídeo abaixo:

 

Fonte: Redação LFTV

Foto: Equipe LFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *