Garis responsáveis pela morte do empresário na Pituba são presos

Os quatro garis suspeitos de espancar o empresário Luciano Vieira, na madrugada do último sábado (9), no bairro da Pituba, em Salvador, estão presos na 16ª Delegacia.

Jeferson Amorim Góes, 50 anos, Fábio do Amor Divino Borges, 35 anos, e os irmãos Ediney Silva Santos, 26 anos, e Dioney Silva Santos, 28 anos, se apresentaram na madrugada desta terça-feira (12), após ter prisão temporária decretada.

Os garis faziam a coleta de lixo na região quando agrediram o empresário, depois de uma discussão. Os trabalhadores seguiram com o serviço normalmente após deixar a vítima caída no chão. Imagens das câmeras de segurança instaladas na rua Engenheiro Adhemar de Fontes, mostram o momento da briga.

A delegada Maria Selma, titular da 16ª Delegacia, informou que o motivo das agressões foi porque os garis teriam sido ofendidos pelo empresário, pois o grupo teria passado com o veículo muito perto da vítima, que estava a pé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *