Governo estuda autorização da CMS para construir Centro de Convenções

Foto: Alexandre Galvão/ bahia.ba
O governo estadual pode precisar do amém da Câmara Municipal de Salvador (CMS) para construir o Centro de Convenções no Parque de Exposições, como pretende um projeto do governador Rui Costa (PT).
Uma emenda apresentada pelo então vereador Claudio Tinoco (DEM), hoje secretário de Turismo de Salvador, ao Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano determina uma área especifica para a construção. O complexo municipal, por exemplo, está projetado dentro da área avalizada no PDDU.
O entrave já começou a movimentar forças do governo Rui Costa. Secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, acredita que grandes empreendimentos podem ser construídos no raio de 1 km das estações do metrô.
Caso a sua crença não se prove verdadeira, apelará para o “bom senso” da prefeitura e da CMS. “Vamos ver os detalhes e, se for necessário, mandaremos um projeto. Do nosso ponto de vista, vamos ter sempre essa postura de separar a questão política da gestão”, indicou, ao bahia.ba.
Apesar da intenção democrática, Dauster não deixou de lembrar do empréstimo de R$ 600 milhões do Banco do Brasil com o governo, que foi liberado há mais de 90 dias, mas ainda não “caiu na conta” da administração estadual.
“Do nosso lado, se algo é importante para a cidade, apoiamos. Isso, porém, não acontece hoje quando, por pedidos políticos, o governo federal não libera o financiamento do Banco do Brasil. Esse tipo de mesquinharia política nós consideramos um absurdo”, bradou.
Fonte: Bahia.ba



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *