Juíza torna Geddel réu no caso La Vue

A juíza Diana Wanderlei, da 5ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal (DF), tornou o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA) réu por improbidade administrativa, no caso em que foi acusado de pressionar a liberação da obra do empreendimento La Vue, localizado na Barra, em Salvador.

A acusação foi feita em 2016, pelo então ministro da Cultura Marcelo Calero, que pediu demissão do cargo. Ele alegou que Geddel, à época ministro da Secretaria de Governo, fez pressão para autorizar o andamento da construção, embargada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Diante da polêmica, Geddel também pediu demissão do cargo e acabou preso no ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *