Lauro de Freitas sobre para categoria B no ranking do ministério do turismo

O mais recente Mapa do Turismo, lançou sua mais recente classificação que já foi divulgada pelo Ministério do Turismo, cuja categorização vai de A até E. A pode ser acessada online. No Mapa há 150 cidades da Bahia, sendo quatro na categoria A, 19 na B, 31 na C, 85 na D e 11 na E.

O principal objetivo do Mapa do Turismo é diagnosticar o desenvolvimento econômico do turismo no Brasil, e por meio dele montar estratégias de investimento no setor.

Na Bahia, os municípios que evoluíram estavam nas categorias E, D e C. Adustina, Aratuípe, Gentio do Ouro, Pindobaçu, Planaltino e Sento Sé mudaram de E para D.

Esplanada, Formosa do Rio Preto, Ibicoara, Ibotirama, Mucugê, Palmeiras e Uruçuca de D para C e Lauro de Freitas, Santa Cruz Cabrália e Teixeira de Freitas de C para B.

Nessas cidades, o Ministério do Turismo registrou melhora significativa no número de empregos do turismo, de estabelecimentos de hospedagem e do fluxo de turistas.

Com a atualização do Mapa, destaca o ministério, “é possível perceber que alguns municípios estão se estruturando em regiões e fortalecendo a economia do turismo”. Na prática, para os municípios, a mudança de categoria significa direito a pedir mais verba para eventos ao Ministério do Turismo. 

Cidades das categorias A, B podem pedir R$ 800 mil, R$ 500 mil e R$ 400 mil, respectivamente. E as da categoria D, R$ 150 mil para um único evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *