Maia apresenta novo texto da previdência e estipula prazo para votação

O relator da proposta da reforma da Previdência, o deputado Arthur Maia (PPS-BA), apresentou a reformulação do texto nesta quarta-feira (7). Segundo ele, novas mudanças podem ser feitas na discussão em plenário, desde que tragam votos pela aprovação, que ainda está em risco.

Entre as alterações, estão regras mas flexíveis para servidores que entraram na carreira antes de 2003. “São pontos colocados e não estão impedidos de constarem no texto. Porque o plenário da Câmara pode discutir e fazer alterações. Eu, como relator, posso dizer que só façamos qualquer tipo de alteração que tenham resultado em voto. Não adianta fazer concessão para quem está contra a reforma”, afirmou o deputado.

Outras mudanças no relatório final são: Não alterar o regime de aposentadoria do trabalhador rural; Não alterar o Benefício de Prestação Continuada (BPC); Diminuição do tempo de contribuição de 25 para 15 anos para trabalhadores da iniciativa privada terem aposentadoria parcial; Pensão integral para viúvos e viúvas de policiais mortos em combate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *