Otto nega ter influenciado decisão do Governador Rui Costa

Em entrevista hoje à rádio Metrópole, o senador Otto Alencar, presidente do PSD na Bahia, negou ter influenciado para a retirada da senadora Lídice da Mata (PSB) da chapa do governador Rui Costa (PT) à reeleição, conforme apontado por aliados da socialista.

O parlamentar atribuiu a decisão, que chamou de “equilíbrio das forças”, ao Conselho Político da base do governador e destacou que Rui obteve os melhores índices de aceitação (90%) em cidades baianas geridas por prefeitos do PSD.

Ele voltou a elogiar a atuação e história da companheira de Casa, concordou que ela teria direito a requerer espaço na majoritária, mas discordou da suposta tentativa dela de “desmerecer” o PSD no grupo.

Otto lembrou que em 2014 não havia nenhuma mulher na chapa que elegeu pela primeira vez Rui como governador e não houve cobrança neste sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *