Procura por vacina de febre amarela cresce após morte de turista

Os postos de saúde da rede municipal apresentaram um aumento significativo na procura pelas vacinas contra a febre amarela após a morte de um morador de São Paulo que estava internado com a doença no Hospital Couto Maia, em Salvador.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), aproximadamente 1,3 milhão de soteropolitanos ainda precisam se proteger contra a febre amarela. A vacinação acontece de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 17h, em todas 126 salas de vacina da rede municipal.

Segundo a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), os últimos registros de morte de humanos por febre amarela na Bahia foi no ano 2000, quando foram registrados três casos. A morte deste domingo, conforme a pasta, “trata-se de um caso importado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *