Protesto de caminhoneiros gera desabastecimento de combustíveis em Salvador

O protesto de caminhoneiros contra a disparada do preço do diesel tem gerado desabastecimento de combustíveis em Salvador, de acordo com o presidente do sindicato dos donos de postos na Bahia, Walter Tannus Freitas.

Segundo o dirigente do Sindicombustíveis, as redistribuidoras têm entregado uma quantidade menor dos produtos solicitados pelos estabelecimentos da capital baiana, que já sofrem com falta de gasolina, diesel ou álcool.

“O problema precisa ser resolvido logo, e não pode ser um paliativo. Todos os players têm que sentar e discutir. A atual carga tributária é inadmissível. O governo, até aqui, tem agido timidamente”, criticou, em entrevista.

Tannus disse que a situação mais “alarmante” hoje é no sul e extremo sul baiano. No aeroporto de Ilhéus, a Infraero informou que só há combustível para um ou no máximo dois dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *