Quase 9 mil trabalhadores tem seguro-desemprego bloqueado por fraude

Com o sistema de busca de fraudes aperfeiçoado, o Ministério do Trabalho conseguir bloquear R$53,8 milhões de benefícios que seriam concedidos a quase 9 mil trabalhadores de maneira irregular entre agosto e dezembro de 2016.
De acordo com o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, “Antes as fraudes eram denunciadas e a Polícia Federal ia atrás, mas não recuperava o dinheiro. Agora, bloqueamos os pagamentos e conseguimos evitar o uso irregular dos recursos públicos”.
Incluindo os valores que foram bloqueados, o governo analisa R$ 152 milhões, que seriam destinados a 45 mil trabalhadores, mas apresentam indícios de irregularidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *