Secretaria de Políticas para as Mulheres promove dialogo sobre efeitos do machismo em escolas de Lauro de Freitas

Foto: Divulgação
Olhos atentos para aprender a identificar possíveis ações de violências com características machistas no cotidiano de seus relacionamentos, mais de 200 alunos da escola municipal Solange Coelho, em Itinga, participaram da palestra “Diálogos, Mulher Autonomia e Igualdade”, promovida pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) como parte de um projeto que pretende percorrer toda a rede municipal e particular de ensino.
O projeto se propõe a levar conscientização sobre a postura da mulher na sociedade com temas relacionados a igualdade de gênero e tipos de violência domestica. “Nós trazemos a esses espaços a proposta de discutimos, junto com os adolescentes, de maneira leve e descontraída usando uma linguagem fácil e acessível para que eles possam entender o que é o machismo”, disse a diretora do Departamento de Enfrentamento a Violência Contra a Mulher da SPM e palestrante Carla Galo.
Ao som da canção “Quem ama abraça”, os estudantes assistiram ao vídeoclip produzido com artistas contemporâneos com o recado de amor e respeito nas relações afetivas. “Nós temos que nos valorizar, não podemos deixar que maltratem a gente”, afirma a estudante Carolina de Jesus de 14 anos. Para o adolescente Jardel Queiroz, de 13 anos, a ação o fez refletir. “Às vezes podemos deixar com que atos aconteçam sem querer, sem perceber”, disse.
De acordo com Carla, as palestras também podem ser solicitadas por empresas e pela comunidade. “Para outros ambientes adaptamos a linguagem e o conteúdo”, explica. A iniciativa está atrelada a campanha “Respeita as Minas”, lançada no Carnaval 2017 pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM).
Fonte: Ascom Prefeitura de Lauro de Freitas




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *