Sede da Ronda Maria da Penha em Lauro de Freitas será inaugurada nesta terça-feira (17)

As componentes da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher em Lauro de Freitas participaram de uma reunião de planejamento para implantação da Ronda Maria da Penha na cidade. O encontro, no Terminal Turístico Mãe Mirinha de Portão, contou com a presença da secretária de Políticas para Mulheres e da major Denice Santiago, comandante da Ronda na Bahia.
“Pra mim é uma honra estar em Lauro de Freitas e hoje estamos começando a celebrar uma parceria que já existe. Trazer a ronda para o município é dizer às mulheres que estamos com elas. E a iniciativa da prefeita, que é uma mulher cônscia, que arroja e que entende que os limites existem e devem ser trabalhados, mas não podem nos parar, é fundamental”, destacou a major.
Durante a reunião major Denice explicou que programa não faz atendimento aberto, atua com assistência às mulheres que cumprem medida protetiva e fiscaliza as medidas deferidas pelo juiz. A sede da Ronda Maria da Penha no município, nas Aldeias SOS, na avenida Amarílio Tiago, será inaugurada nesta terça-feira (17). Antes de começar o atendimento a equipe que atuará em Lauro de Freitas vai passar por uma capacitação. “As mulheres agora sabem que existe uma força policial para protegê-las”, ressaltou a major.
Para a prefeita Moema Gramacho “a Ronda Maria da Penha é um trabalho singular. A major Denice encarnou essa questão e nós estamos tendo a oportunidade de trazer para Lauro de Freitas. E ter a major Denice conosco é uma honra. Ela que tem esse olhar sensível na luta contra a violência contra as mulheres”.
A secretária de Políticas para Mulheres, Bárbara Chaves, falou da Ronda como uma conquista que não se limita apenas a SPM. “Missão dada, missão cumprida. A vinda da ronda para o município é um ganho e um grande presente e eu já conto com cada um dos secretários da gestão, que são extremamente envolvidos e comprometidos. A transversalidade, que é uma prioridade da gestão, flui muito bem entre nós”. 
A Ronda Maria da Penha é um programa do governo da Bahia executado pela Secretaria de Segurança Pública por meio da Polícia Militar. Com a proposta inicial de dar assistência às mulheres esposas de policias vítimas de violência doméstica que se estendeu para fora da corporação, a ronda foi criada em março de 2015. O comando da ronda rendeu a major este ano o Prêmio Claudia – a maior premiação feminina da América Latina – na categoria Políticas Públicas.
Fonte: ASCOM PMLF




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *