Situação da senadora Lídice da Mata divide PSB baiano

Alguns políticos defendem que a senadora deveria lançar uma candidatura avulsa à Casa Alta, se Rui escolher por deixá-la de lado. Avaliam que Lídice tem densidade suficiente para enfrentar Coronel nas urnas, ainda que sem contar com a força do governo.

A situação vivida atualmente pela senadora Lídice da Mata (PSB) com relação à busca de espaço na chapa do governador Rui Costa (PT) divide o PSB baiano.

Quadros do partido não estão convictos da posição que deve ser adotada pela legenda em caso de Lídice ser preterida em função do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel (PSD).

Já outra ala do PSB acha que uma candidatura avulsa acabará por dividir a base e prejudicar os candidatos a deputado do partido. Há ainda quem opine que Lídice deveria sair candidata a deputada estadual e tentar, com o apoio do governo, a presidência da Alba no início de 2019. Essa hipótese, no entanto, agrada a poucos.

Rui garantiu que até o final de maio a questão sobre a chapa majoritária estará resolvida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *