Temer diz a Imbassahy que não demitiria aliado pela imprensa

O presidente Michel Temer disse ao ainda ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy (PSDB-BA), que ficou ultrajado com o vazamento de um convite ao deputado Carlos Marun (PMDB-MS) para substituí-lo.

De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, o peemedebista afirmou que jamais demitiria um aliado fiel pela imprensa. Mas a fritura pública do tucano foi patrocinada pelo seu próprio PMDB e pelo Planalto, que ele comanda. Aliados aconselharam o baiano a pedir demissão até a próxima semana.

Imbassahy demonstrou abatimento ao chegar ao palácio nesta quarta (22) para falar com Temer após ser ventilado que seria substituído. Fechou o dia dizendo que havia sido alvo de um ataque especulativo do PMDB da Câmara para forçar sua demissão.

Fonte: Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *