Wagner pede a Haddad que suba o tom em propostas de segurança

O senador eleito Jaques Wagner (PT), coordenador da campanha de Fernando Haddad (PT), sugeriu  que o presidenciável suba o tom das propostas sobre segurança pública.

De acordo com coluna, na primeira reunião com a direção do PT após a passagem de Haddad para o segundo turno, Wagner disse que o candidato precisa fazer uma defesa mais enfática da repressão ao crime e do endurecimento da legislação penal, sobretudo em casos de homicídio.

O ex-governador da Bahia assumiu a coordenação da campanha com a função de atrair partidos de esquerda e centro para formar uma frente ampla de apoio a Haddad e tentar virar os votos lulistas que migraram para Jair Bolsonaro (PSL) na região Nordeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *