Jaques Wagner propõe saque de R$ 1 mil nas contas de FGTS


O senador Jaques Wagner (PT-BA) apresentou emenda, nesta terça-feira (6), alterando pontos do saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), proposto pelo governo. A iniciativa tem como objetivo ajudar a reduzir a taxa de endividamento das famílias brasileiras, alterando o artigo quinto da lei, sobre os valores dos saques. Pela proposta apresentada pelo parlamentar, não haverá prejuízos futuros para os que decidirem fazer movimentação, de até R$ 500,00, em suas contas vinculadas ao FGTS e será ampliado, para até R$ 1.000,00, o limite para titulares que estão inadimplentes.

Em sua emenda, o senador baiano apresenta dados do Banco Central, que mostram que o endividamento dos brasileiros voltou a crescer e alcançou o maior nível em três anos. Além disso, destaca que, segundo dados de empresas de cadastro de histórico de créditos, o contingente de inadimplentes alcançou o número recorde de 62,8 milhões de consumidores, sendo que as maiores responsáveis pelo o aumento da negativação foram as contas de água, luz e gás.
 
“O quadro econômico nacional é preocupante e pede medidas que se mostrem eficazes à retomada da economia. Nesse sentido, considerando que o valor proposto pelo governo federal contempla o mínimo necessário para o cumprimento de dívidas emergenciais, faz-se necessário estabelecer, em caso de inadimplência, um adicional para efetivamente acelerar a recuperação da economia, ao estimular o consumo e a atividade econômica”, explica Wagner.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram