Produção industrial baiana caiu 3,4% de maio para junho

A produção industrial na Bahia caiu 3,4% de maio para junho deste ano, conforme divulgou nesta quarta-feira (6) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Nesse período, o desempenho da indústria baiana foi o terceiro pior entre os 15 locais investigados, acima apenas dos recuos registrados no Rio de Janeiro (-5,9%) e em Pernambuco (-3,9%). Foi um resultado também abaixo da média nacional (-0,6%).

De maio para junho, a atividade fabril só teve resultados positivos em 5 dos 15 locais pesquisados, com destaques para o Pará (4,9%) e o Rio Grande do Sul (2,0%). No confronto com junho de 2018, a produção industrial baiana também recuou (-8,5%), retomando os resultados negativos depois do crescimento que havia sido registrado em maio (12,3%). Foi também um resultado pior que a média nacional (-5,9%) e acompanhou o movimento de queda ocorrido em 11 dos 15 locais investigados.

No confronto com o mesmo mês do ano passado, as indústrias de Amazonas (5,4%) e Rio Grande do Sul (3,5%) tiveram os melhores resultados, e os recuos mais intensos foram os de Mato Grosso (-13,6%) e Espírito Santo (-13,2%). Com o desempenho do mês de junho, a produção industrial na Bahia fechou o primeiro semestre de 2019 em queda, frente ao mesmo período de 2018 (-1,4%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram