Gustavo Ferraz afirma que Moema usa SPM como barganha

Segundo o provável candidato à prefeitura de Lauro de Freitas, Gustavo Ferraz, a gestão de Moema Gramacho faz do debate de políticas da mulher uma “moeda de troca” para atender interesses de sua base aliada. Ainda segundo ele, a pasta abriga hoje uma estrutura que beneficia apenas correligionários da atual prefeita.

“Com a saída do PSD da base aliada, já há alguns meses, a secretaria [de Política Para Mulheres] virou moeda de troca para atrair novos partidos para a base do governo. Tem uma estrutura montada com dinheiro público. Será que é apenas para dar emprego?”, questionou em áudio divulgado em suas redes sociais.

“A prefeita e sua ex-vice parecem se apropriar desse debate apenas por serem mulheres. Quando comecei a mergulhar nesse universo, percebi que muitas coisas ficam apenas no discurso, não se materializam na prática. Na estrutura administrativa da cidade, temos uma secretaria das mulheres com orçamento de R$ 2,341 milhões, que, divididos, por mês, temos R$ 195 mil. Essa verba mensal é destinada ao pagamento de salários das pessoas contratadas. Não fica absolutamente R$ 1 para quase nada, ou seja, as pessoas estão lá, mas trabalho, que é bom, é muito pouco ou quase nada”, disse Ferraz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram