Defesa de Geddel pede que julgamento de amanhã (24) seja adiado

A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima e do ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima enviou uma solicitação de adiamento de julgamento ao Supremo Tribunal Federal (STF), referente a ação penal que investiga o caso dos R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento de Salvador e atribuídos ao Clã Vieira Lima.

A petição foi encaminhada na última sexta-feira (20) ao ministro Edson Fachin, relator do processo, já que o julgamento final está marcado para esta terça-feira (24), uma vez que o ministro revisor, Celso de Mello liberou os autos na última semana.

A sessão deve ocorrer na Segunda Turma do STF e contará com a presença dos cinco ministros. O Supremo já negou alguns pedidos ao ex-ministro, e é esperado que este recurso seja negado também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram