Moro nega candidatura e afirma “dever lealdade” à Bolsonaro

Mesmo estando à frente de Bolsonaro nas pesquisas de opinião, o ministro Sergio Moro negou sua eventual candidatura à Presidência da República em 2022. Ele disse ainda, em entrevista à revista Veja, que não pretende concorrer ao cargo por “uma questão de dever lealdade” a Bolsonaro e por não ter um “perfil político-partidário”.

“Como é que você vai entrar no governo e vai concorrer com o político que o convidou para participar?”, questiona Moro. “Meu candidato em 2022 é o presidente Bolsonaro e pretendo fazer um bom trabalho como ministro até o fim”, disse.

Ele também nega qualquer hipótese de se filiar a algum partido ou mesmo de integrar uma chapa como vice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram