Greenpeace acionará Ministro por acusações na internet

Ontem, em suas redes sociais, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, publicou uma foto do navio Esperanza, do Greenpeace, sugerindo que a embarcação poderia estar relacionada ao derramamento do óleo que atinge o litoral do Nordeste.

A publicação gerou grande repercussão na internet. Internautas criticaram o ministro que foi defendido pelo presidente Jair Bolsonaro, que chamou a ONG de “terrorista”.

“Para mim isso é um ato terrorista. Para mim, esse Greenpeace só nos atrapalha”, disse o presidente.

Após a repercussão, a ONG divulgou que entrará na Justiça contra o ministro. 

“Tomaremos todas medidas legais cabíveis contra todas as declarações do Ministro Ricardo Salles. As autoridades têm que assumir responsabilidade e respondem pelo Estado de Direito pelos seus atos.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram