Professores universitários denunciam corte de recursos

Queixas de que o governador Rui Costa estaria segurando recursos destinados ao ensino superior no estado, estão sendo feitas pelos professores de universidades, segundo a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com a publicação, a Uefs (Universidade Estadual de Feira de Santana) teve 29,5% da verba contingenciada, conforme apurou a coluna com base em dados oficiais. Já na Uesb, em Vitória da Conquista, a tesourada teria sido de 16%.

Em nota enviada ao Estadão, o governo nega que tenha havido contingenciamento de recursos e informou que os repasses estão sendo feitos de acordo com a arrecadação do Estado.

Fonte: Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram