Medida que extingue o DPVAT afeta adversário de Bolsonaro

Ao editar a medida provisória para extinguir os seguros obrigatórios DPVAT e DPEM, o presidente Jair Bolsonaro atingiu uma empresa do presidente do PSL, Luciano Bivar, seu atual adversário político.

Bivar é sócio da seguradora Excelsior, credenciada pelo governo para atuar na cobertura do Dpvat.

O presidente do PSL disse não acreditar que a medida foi adotada para prejudicá-lo.

“Acho que não, isso foi uma coisa da estrutura do governo, não foi nada direcionado a mim”, declarou. “Isso é uma questão do Ministério da Economia. Sou pelo que é melhor para o Brasil, independentemente dos meus interesses privados”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram