Após derrota pro Goiás, Bahia deixa disputa pela Libertadores

Após a derrota do Bahia pro Goiás por 4 a 3, ontem, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, assumiu que o time deixou a disputa por uma vaga na Copa Libertadores.

“Segundo turno muito ruim, abaixo, com números que a gente não esperava. Lógico que sempre fui pés no chão de colocar como objetivo do clube ficar entre os dez no Brasileirão. Mas, pelo primeiro turno que a gente fez, que brigou pela Libertadores… Apenas a briga acabou antes do que a gente imaginava”, disse, em entrevista.

Bellintani ainda negou que algum problema interno do clube tenha sido motivado pela falta de premiação prometida em caso de classificação para a Libertadores.

“A gente não tem um valor de R$ 20 milhões a mais com a colocação. O que tem no nosso contrato é R$ 800 mil a mais por cada posição. O bicho nunca foi problema. O Bahia sempre foi honesto com os atletas. O grande bicho de um atleta quando se classifica para a Libertadores, é para a carreira deles, com melhoria de contrato. O problema de fato foi queda de rendimento por razões variadas. Houve muito erro individual, coletivos também”, afirmou.

Fonte: Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram