Bolsonaro deixou de declarar R$420 mil na campanha

Um levantamento do jornal Folha de São Paulo mostra que a campanha do presidente Jair Bolsonaro foi mais cara do que o declarado por ele à Justiça Federal, além de ter sido financiada por dinheiro público, o que ele sempre negou.

De acordo com a reportagem, pelo menos R$ 420 mil foram usados para a confecção de 10,8 milhões de santinhos, adesivos, panfletos e outros materiais para a campanha do presidente.

O dinheiro, de fundo eleitoral, foi gasto pelos diretórios estaduais do partido, que não vincularam o gasto diretamente à campanha de Bolsonaro, como manda a resolução 23.553/2017, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Bolsonaro já teve as contas de campanha analisadas pelo TSE, em dezembro, que as aprovou com ressalvas. Essa análise não pode ser reaberta, o que não impede eventual verificação de pontos específicos.

Fonte: Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram