Bahia deve ter cerca de 700 leitos exclusivos para atendimento de pacientes com coronavírus; confira

A Bahia terá quase 700 leitos exclusivos para pacientes com coronavírus, informou o governo do estado. Até a noite de segunda-feira (30), o número de infectados por coronavírus na Bahia subiu para 176, com 2 óbitos.

Hospitais de Salvador, administrados pelo estado, como o Couto Maia e o Ernesto Simões, já atuam, desde o dia 23 de março, exclusivamente com pacientes do Covid-19.

Outras unidades de saúde da capital baiana também serão exclusivas para quem for infectado pelo coronavírus, como o antigo Hospital Espanhol, que deve ser reaberto ainda no mês de abril, e o Hospital do Subúrbio.

Além disso, o governo vai utilizar um antigo hotel localizado em Lauro de Freitas e o Fazendão, espaço que pertence ao Esporte Clube Bahia, para criar novos leitos. Entretanto, estes, serão para pacientes de baixa complexidade, com objetivo de liberar leitos em hospitais de Salvador.

No interior e na região metropolitana, hospitais também oferecerão leitos clínicos e de UTI. Dezesseis novas UPAs que não estavam em funcionamento vão receber pessoas que estão com sintomas da doença. O objetivo é que as unidades de Pronto Atendimento recebam os atendimentos clínicos e façam a regulação, caso necessário.

As UPAs que estão previstas para fazer atendimento estão nos seguintes municípios: Alagoinhas, Araci, Brumado, Catu, Conceição do Coité, Gandu, Lauro de Freitas, Ipiaú, Itamaraju, Itacaré, Jaguaquara, Morro do Chapéu, Santo Antonio de Jesus, Serrinha, Tucano e Valença.

Confira abaixo os leitos em cada unidade anunciada pelo governo:

Instituto Couto Maia

O Instituto Couto Maia (Icom) já atende exclusivamente aos pacientes com suspeita de estarem com o coronavírus, desde o dia 23 de março. A unidade não funciona de portas abertas, o paciente deve ser encaminhado pela regulação, pelo Samu ou pelo Corpo de Bombeiros.

  • 132 leitos;
  • 80 leitos clínicos;
  • 52 leitos de UTI;
  • Número será ampliado de acordo com as adequações das redes elétricas, de gases, e outras necessidades. No estacionamento do Icom, pode ainda ser montada uma tenda com capacidade para mais 100 leitos de UTI.

Hospital do Subúrbio

Hospital do Subúrbio, em Salvador — Foto: Vanderson Nascimento/ TV Bahia

Hospital do Subúrbio, em Salvador — Foto: Vanderson Nascimento/ TV Bahia

No Hospital do Subúrbio haverá atendimento para pacientes com Covid-19, além da permanência do atendimento clínico e cirúrgico que já são realizados na unidade. O recebimento dos pacientes infectados com coronavírus será mediante regulação do Samu, Corpo de Bombeiros ou Central Estadual de Regulação.

  • 55 leitos de UTI dedicados aos casos de coronavírus;
  • Número pode também ser ampliado para 100 leitos;
  • Governo trabalha com possibilidade de ampliação e instalar uma tenda no estacionamento do Hospital do Subúrbio, com capacidade de 100 leitos dedicados ao coronavírus. O recebimento dos pacientes de Covid-19 será mediante regulação do Samu, Corpo de Bombeiros ou Central Estadual de Regulação.

Hospital Geral Ernesto Simões Filho

Desde segunda-feira (23), o Hospital Geral Ernesto Simões Filho (HGESF) atende exclusivamente pacientes que necessitem de internação com diagnóstico positivo para o coronavírus (Covid-19).

A unidade não atenderá casos de urgência e emergência, apenas pacientes regulados, que tenham testado positivo paro o Covid-19. A população que necessite de atendimento de urgência e emergência deve se dirigir a outras unidades. As mais próximas são: UPA de San Martin; UPA de São Caetano; Unidade de Emergência do Curuzu; e 16º Centro de Saúde – Maria Conceição Imbassahy.

  • São 110 leitos clínicos;
  • 54 leitos de UTI;
  • HGESF conta também com a possibilidade de ampliação de mais 38 leitos de UTI, aumentando a disponibilidade para 92 leitos.

Hospital Espanhol

A justiça autorizou a reabertura temporária do Hospital Espanhol. A adequação já começou com dedetização, higienização e os devidos reparos. Já os profissionais que vão trabalhar na unidade serão contratados pelo governo em formato a ser definido junto à Sesab. No Hospital Espanhol, o recebimento dos pacientes de Covid-19 será mediante Regulação da Secretaria da Saúde do Estado.

  • Serão 80 leitos clínicos
  • 80 leitos de UTIs

Hospital Santa Clara

O Hospital Santa Clara, em Salvador, foi requisitado pelo Governo do Estado para reforçar o atendimento exclusivo a pacientes com suspeita de coronavírus (Covid-19). Serão 59 leitos clínicos.

O hospital, que está fechado e pertence à rede privada, passará por adequação para atender às necessidades de sua utilização.

Pacientes serão recebidos farão os testes e aguardarão o resultado dos diagnósticos antes de serem encaminhados para outras unidades, como o Icom ou o Hospital Geral Ernesto Simões, dedicados exclusivamente a pacientes com o coronavírus.

Hospital Geral Roberto Santos

Hospital Roberto Santos, em Salvador — Foto: Leonardo Rattes/Divulgação

Hospital Roberto Santos, em Salvador — Foto: Leonardo Rattes/Divulgação

O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) vai receber os pacientes mediante regulação do Samu, Corpo de Bombeiros ou Central Estadual de Regulação. Serão 160 novos leitos para dar suporte à parte da rede que não está atendendo aos pacientes de coronavírus.

São 100 no ambulatório e mais 60 no andar intermediário, que era destinado à parte administrativa e foi reformado para ser clínica de hemodiálise, mas que servirá, neste momento, para leitos clínicos.

Hospital Metropolitano

A unidade de saúde que está sendo construída em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, tem previsão de ser inaugurado nas próximas semanas. O hospital será um reforço para o atendimento com 100 leitos clínicos dedicados ao coronavírus. Na unidade todos os pacientes serão encaminhados pela Central Estadual de Regulação.

Hospital Geral Clériston Andrade

O Hospital Geral Clériston Andrade 2, que fica em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, possui 40 leitos de UTI, ainda não inaugurados, que serão dedicados ao coronavírus. O recebimento dos pacientes de Covid-19 será mediante regulação da regulação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab)

Hospital de Campanha Arena Fonte Nova

A Arena Fonte Nova é outra das opções do Governo do Estado para a montagem de uma tenda com mais 100 leitos clínicos, dedicados ao coronavírus. Os pacientes deverão ser encaminhados para a Arena Fonte Nova por meio da regulação da Sesab.

Antigo Hotel Riverside

O Governo do Estado prevê abertura de 100 novos leitos em Lauro de Freitas, no antigo Hotel Riverside, no mês de abril. O objetivo é atender pacientes de baixa complexidade, que não estejam contaminados com o coronavírus. A ocupação dos leitos será feita por meio da Central Estadual de Regulação.

Hospital de campanha do Fazendão

O Centro de Treinamento Osório Villa Boas (Fazendão), que pertence ao Esporte Clube Bahia, está com 44 leitos clínicos prontos para receberem pacientes de baixa complexidade, que não estejam contaminados com o coronavírus. A ocupação dos leitos também será feita por meio da Central Estadual de Regulação.

Fonte:G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram