Camaçari; Setur busca parceria com a ABIH para ajudar meios de hospedagem

A Prefeitura de Camaçari está adotando várias medidas para atenuar os impactos sociais e econômicos em decorrência do coronavírus (Covid 19) no município. Dentre as ações para amparo ao trade turístico, principal atividade econômica da costa de Camaçari, a Secretaria do Turismo (Setur), deu início a uma série de reuniões e conferências com empreendedores, agentes de crédito, pastas municipais e entidades representativas do setor. Na manhã de sábado (18/4), a Setur selou uma importante parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado da Bahia (ABIH-BA).

Para apresentar as demandas dos empresários ligados ao setor de hospedagem no município, a secretária do Turismo, Lucia Bichara, se reuniu em videoconferência com o presidente da ABIH-BA, Luciano Lopes, e o proprietário de uma pousada no município, Sérgio Bandeira. A associação está atuando nas 13 zonas turísticas da Bahia, fazendo o levantamento de grupos específicos e oferecendo suporte, tanto aos associados quantos aos médios e pequenos empreendedores. “Para nós, é importante que todo setor seja beneficiado; no momento que estamos trabalhando para os associados, todos são contemplados”, esclareceu o gestor da entidade representativa.

Ainda segundo Luciano Lopes, as demandas dos meios de hospedagem estão sendo discutidas com os governos federal, estadual e municipal, além de bancos de desenvolvimento e privados. No entanto, ele destaca que além do crédito e incentivos fiscais, cada empreendedor precisa fazer uma avaliação individual da sua empresa. “Eu acho que nesse momento, o que todos precisam é fazer uma reavaliação interna de sua estrutura, entender o próprio negócio e o que pode ser feito para minimizar o efeito”, revela.

Embora os estabelecimentos do município não estejam associados, a mobilização da Setur é para que o segmento de meios de hospedagem tenha acesso às linhas de crédito e incentivos. “Estamos dando continuidade às ações de apoio a toda cadeia produtiva, conforme orientação do Prefeito Elinaldo. Visando minimizar os efeitos dessa imensa crise, conversei com o presidente da ABIH para que pudesse ajudar os meios de hospedagem do nosso município, mesmo estes não sendo associados. O nosso objetivo é podermos atravessar esta terrível fase, sempre ao lado dos empresários e trabalhadores do turismo”, destaca Lucia Bichara.

Proprietário de uma pousada em Itacimirim, Sérgio Bandeira, agradece o apoio da Setur no enfrentamento à crise e explica que nesse momento a principal preocupação do setor é se manter e preparar o negócio para o momento de retomada pós-pandemia. “Precisamos de capital de giro para assegurar os empregos e nos preparar para a próxima temporada”, informa. O empresário afirma que diante do cenário de incertezas trazido pela Covid-19, os bancos estão dificultando o acesso à linha de créditos, sendo necessária essa atuação dos órgãos públicos e das associações para garantir o fôlego financeiro.

Fomento Econômico

Além da aproximação com a ABIH-BA, a Secretaria do Turismo já anunciou que em parceria com o Banco do Nordeste (BNB), foi feita a renegociação automática para todos os clientes do Crediamigo, concedendo mais dois meses de carência, sem custos. Para as outras modalidades de empréstimo, o empreendedor tem direito a até seis meses de carência, em cima do prazo já preestabelecido. No casos de novos empréstimos, além do prazo ampliado para início do pagamento, a taxa caiu de 4,75% ao ano, para 2,5%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram