Número de casos da Covid-19 na Bahia é 363 vezes menor do que o projetado pelo estado

O número de casos do novo coronavírus em território baiano é cerca de 363 vezes menor do que aquele projetado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) no início da pandemia. O estado tinha previsto um aumento diário da doença de 30%. Se de fato isso tivesse se cumprido, até a quinta-feira (23), seriam cerca de 670 mil infectados — a projeção começou a ser feita no dia 15 de março.

No entanto, a Bahia registrou 1.845 pessoas infectadas pelo vírus. Desse total ,1.355 ainda permanecem doentes. O acréscimo diário tem sido em média de 9%, valor que ainda é considerado alto pela pasta.

“Precisamos de esforços adicionais para reduzi-la abaixo de 7%, idealmente a 5% ao dia. Caso contrário passaremos a ter dificuldades com leitos no final de maio”, alertou o secretário Fábio Vilas-Boas em seu perfil no Twitter.

No início da pandemia, o aumento diário da doença chegou a 40% nos dia 16 e 18 de março. O crescimento se manteve abaixo dos 20% a partir do dia 14 deste mês. O secretário creditou o avanço a um conjunto de esforços que está sendo feito entre diferentes representantes da sociedade. Ele reforçou ainda o uso da máscara com uma forma de não propagar a doença.

 “A vitória da nossa sociedade, com o apoio da imprensa às ações dos governos estadual e municipais é possível ser vista nesse gráfico de tendência de redução ao longo dos últimos 40 dias(..) Temos que avançar com a universalização das máscaras de tecido. O governador Rui Costa vai distribuir 10 milhões de unidades para toda a população. Mas é importante que cada município adote essa política de estímulo à fabricação e distribuição gratuita. E que cada pessoa produza a sua.”, completou. 

Fonte:Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram