Comércio de Lauro de Freitas continua suspenso até 18 de maio e alvarás provisórios serão prorrogados até 30 de junho

A prefeitura de Lauro de Freitas prorrogou a suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais até de 18 de maio. Em reunião com representantes de segmentos do comércio do município nesta quarta-feira (29), a prefeita Moema Gramacho justificou que a medida é necessária devido ao aumento do número de casos de coronavírus.

“Na segunda-feira, formaremos um núcleo com representantes dos comerciantes e da Prefeitura para dialogarmos sobre protocolos de retorno das atividades, sempre avaliando a evolução da pandemia”, avisou Moema. 

Ela também garantiu que os prazos para pagamento da Taxa de Fiscalização do Funcionamento (TFF) e dos alvarás provisórios serão prorrogados até 30 de junho, a fim de “minimizar as dificuldades dos comerciantes”. “E seguiremos cobrando do Governo Federal e do Congresso Nacional ações que auxiliem principalmente os micro e pequenos empresários”, acrescentou a prefeita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram