Rui critica decisão que permitiu afastamento de médicos do grupo de risco


O governador do estado, Rui Costa, criticou, durante transmissão ao vivo nas redes sociais nesta quinta-feira (30), a decisão que atendeu ao pedido do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia sobre profissionais que integram o grupo de risco para o novo coronavírus não trabalharem no combate à pandemia.

“Enxergamos com muita preocupação essa ação do sindicato dos médicos que conseguiu a decisão para que médicos que têm qualquer critério que se encaixe em grupo de risco não atenda às pessoas. Isso é preocupante. […] É como se a sociedade pagasse os médicos pra ficar em casa o ano inteiro, porque o vírus não vai embora este ano”, reclamou o governador.

Segundo ele, o assunto foi debatido durante reunião com os governadores do Nordeste. “Vamos recorrer da decisão na segunda instância, pra cassar a decisão”, completou.

Rui também disse que o Consórcio do Nordeste irá insistir no pedido ao governo federal para que autorize a contratação de médicos brasileiros formados no exterior, para contribuírem no combate ao novo coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram