Decreto suspende transporte em 21 cidades baianas; sete voltam a ter serviço

Um decreto desta terça-feira (5) suspende o transporte intermunicipal em 21 municípios baianos. A medida, do governo do estado, visa controlar a disseminação do novo coronavírus na Bahia. Já são 113 cidades sem transporte intermunicipal. O decreto entra em vigor nesta quarta-feira (6). Para sair dessas cidades o limite é a primeira hora da quarta. Para entrar, a tolerância é até as 9h.

A relação das cidades tem: Abaíra e Jussiape, na Chapada Diamantina; Governador Mangabeira, Nazaré, Santo Antônio de Jesus e Saubara, no Recôncavo; Ibirapitang e Ituberá, no Baixo Sul; Jussari e Pau Brasil, no Su; Nordestina, Retirolândia e Serrinha, na região sisaleira; Nova Soure, no nordeste baiano; Pilão Arcado e Remanso, no Sertão do São Francisco; Pojuca, na Região Metropolitana de Salvador (RMS); Rafael Jambeiro, no Piemonte do Paraguaçu; São Gonçalo dos Campos, no Portal do Sertão;, Serra do Ramalho, no Oeste; e Várzea Nova, no PIemonte da Diamantina.

Conforme o decreto, que vale até 18 de maio, a suspensão abrange qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. 
 

No mesmo decreto, o governador Rui Costa libera o transporte em sete cidades: Capim Grosso, no Piemonte da Diamantina; Floresta Azul, no Sul; Gongogi, no sudoeste; Irecê, no centro norte; Itabela e Itapebi, na Costa do Descobrimento; e Rio do Pires, na Bacia do Paramirim, no Oeste do estado. A volta do transporte se deve ao fato de nesses município não ocorrer casos de covid-19 em um intervalo de 14 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram