PGR pede inquérito ao STJ para investigar pelo menos cinco governadores


O procurador-geral da República, Augusto Aras, destacou três procuradores do seu time para reunir indícios de corrupção que começam a surgir contra governadores nos contratos emergenciais firmados nos estados para compra de insumos de saúde no combate ao coronavírus. A informação é da coluna Radar, da revista Veja.

Segundo interlocutores da PGR, a lista de alvos já chega a cinco governadores que estariam diretamente ligados a indícios suficientes para fundamentar a abertura de investigação na procuradoria. A coluna apurou que um deles é o governador do Rio, Wilson Witzel. Adversário político de Jair Bolsonaro, Witzel já é alvo de três inquéritos no Superior Tribunal de Justiça.

A nova leva de pedidos de abertura de inquérito da PGR contra governadores no STJ deve ser anunciada por Aras nos próximos dias.

Metro1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram