‘Vai ter mais, no Brasil todo’, diz Bolsonaro após operação da PF contra governador do Rio


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta quarta-feira (27) que novas operações da Polícia Federal (PF) serão realizadas nos estados. “Vai ter mais, enquanto eu for presidente, vai ter mais. No Brasil todo. Isso não é informação privilegiada não, vão falar que é informação privilegiada”, disse.

De acordo com informações do portal G1, a afirmação foi feita na saída do Palácio da Alvorada, após um apoiador agradecer a PF pela Operação Placebo. A ação realizada na manhã da última terça (26) teve como principal alvo o governador Wilson Witzel (PSC), e apura corrupção em ações de mitigação dos efeitos da pandemia da Covid-19 na área da saúde.

Também segundo a publicação, um outro apoiador diz também haver supostas irregularidades na saúde em Pernambuco e questiona o presidente sobre se a justiça será feita. Bolsonaro garantiu que a “Polícia Federal está agindo”. Um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) apura as acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro de que o presidente tentou interferir politicamente na PF.

O presidente nega interferências. Na segunda (25), véspera da realização da operação Placebo, a deputada federal Carla Zambelli (PSL) antecipou em entrevista à uma emissora de rádio  que a PF estava prestes a deflagrar operações contra desvios na área da saúde nos estados. 

O episódio levou a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) a emitir uma nota defendendo a apuração “com responsabilidade e profundidade” de possível vazamento a respeito da operação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram