Em meio à pandemia, PIB do Brasil encolhe 1,5% no 1º trimestre


O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro caiu 1,5% no 1º trimestre, na comparação com os três últimos meses de 2019, segundo dados divulgados hoje (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.

O resultado, que reflete apenas os primeiros impactos da pandemia de coronavírus, coloca o país à beira de uma nova recessão, já que a expectativa é de uma queda ainda maior no segundo trimestre.

A retração no primeiro trimestre interrompe uma trajetória de três anos de lenta recuperação da economia brasileira, que já mostrava perda de ritmo na virada do ano, e estava longe do patamar anterior ao do início da recessão de 2014-2016.

Na comparação com o 1º trimestre de 2019, a queda foi de 0,3%. Em valores correntes, o PIB no primeiro trimestre de 2020 foi R$ 1,803 trilhão.

Segundo o IBGE, a queda da economia brasileira foi causada, principalmente, pelo recuo de 1,6% no setor de serviços, que representa 74% do PIB. Também houve queda de 1,4% na indústria. Já a agropecuária cresceu 0,6%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram