Lauro: Grávidas e crianças têm baixa adesão à campanha de vacinação contra gripe

Na cidade de Lauro de Freitas a adesão a vacina contra a gripe H1N1 foi muito baixa para os grupos compostos por grávidas e crianças com idade entre seis meses e seis anos. Os números divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde da cidade revelam que até o momento apenas 20,89% dos pequenos e 37,91% das gestantes receberam a dose da imunização. 

Entre os pequenos, apenas 3.054 de 14.618 crianças se imunizaram. “Para receber a vacina contra a gripe é necessário apresentar a caderneta de vacinação. Estamos realizando a campanha em todas as Unidades de Saúde da Família (USF) e na Escola Municipal Mariza Pitanga a partir das 8h30 de segunda à sexta-feira. Essa baixa procura pela vacina nos preocupa ”, frisou a Superintendente da Vigilância em Saúde, Regina Coeli.

Iniciada no dia 23 de março, a campanha nacional de vacinação contra a gripe foi dividida pelo Ministério da Saúde em três etapas. Em Lauro de Freitas, até o momento mais de 40 mil pessoas foram imunizadas. Além das grávidas e crianças, idosos, pessoas com idades entre 55 a 59 anos, deficientes, doentes crônicos, professores, motoristas, profissionais de segurança e salvamento, caminhoneiros e trabalhadores da saúde podem procurar uma USF e se proteger.

Um comentário em “Lauro: Grávidas e crianças têm baixa adesão à campanha de vacinação contra gripe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram