Sara “Winter” poderá deixar prisão

Na noite desta quarta-feira (24), caso não seja prorrogada a prisão temporária, a militante  bolsonarista Sara Giromini poderá ser solta.

Conforme informação divulgada pela CNN, Sara deixará a prisão e continuará sendo monitorada através de tornozeleira eletrônica. A decisão teria sido do Ministro-Relator do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. 

Sara estava presa desde o dia 15, na Penitenciária Feminina do Distrito Federal, conhecida como Colmeia, por ordem do ministro, relator do inquérito que investiga a organização de atos antidemocráticos.

O inquérito tombado sob n° 4828, foi aberto a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR). Ela é suspeita de captar recursos para os atos.

A prisão temporária foi determinada por Moraes, em inquérito aberto a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR).

Além de Sara, estão presos: Renan de Morais Souza, Emerson Rui Barros dos Santos, Érica Viana de Souza, Daniel Miguel e Arthur Castro.

Um comentário em “Sara “Winter” poderá deixar prisão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram