Pandemia de Covid-19 e os efeitos sobre o INSS.

Já são pouco mais de três meses enfrentando o caos gerado pelo coronavírus, as mudanças drásticas geram impactos em todas as áreas do dia-a-dia de nossa sociedade.

Assim, é importante trazer à baila quais foram e de que forma essas mudanças atingem as questões previdenciárias.

É pertinente lembrar que antes da pandemia, o Governo Federal já havia criado uma plataforma digital (INSS Digital) com o escopo de gerar mais eficiência ao atendimento.

Destarte, desde a criação da referida Plataforma, a maioria dos serviços e benefícios passaram a ser realizados de forma virtual, evitando o atendimento presencial que, na maioria das vezes, era utilizado para cumprimento de exigências e realização de perícias.

Com o advento do Covid-19, todas as agências deixaram de funcionar e todos os serviços e solicitações passaram a ser exclusivamente pela Plataforma MEUINSS ou pelo telefone 135.

O MEUINSS foi criado em 2017 e de acordo com o IN 77 de 2015, todas as fases do processo de concessão do benefícios acontecerão por plataformas do INSS.

👉🏾FIQUE ATENTO: Enquanto o Auxílio Emergencial estiver sendo pago, a concessão de Bolsa Família estará suspenso.
E, para aqueles que fizerem a solicitação do Beneficio de Prestação Continuada e do Auxílio Emergencial, se por um acaso receber o auxílio emergencial antes do processo da concessão do BPC ter finalizado, posteriormente terá descontado os valores recebidos a título de Auxílio Emergencial.

O @descomplicandocomigoodireito segue buscando esclarecer e viabilizar informações da maneira mais simples possível.

Gostaram do conteúdo? Possuem alguma dúvida?
Visitem nossa página no Instagram que a gente descomplica tudo pra vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram