Caso Queiroz: Presídio de Bangu separa comida com medo de envenenamento

Fabrício Queiroz, detido no dia 18 de Junho, encontra-se custodiado no presídio de Bangu, no Rio de Janeiro. O “Caso Queiroz” tomou grande repercussão, pois além de ser ex-assessor de Flávio Bolsonaro, o mesmo foi encontrado na casa do advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef.

Hoje, sexta-feira (3), foi noticiado pelo jornal O globo, que por risco de envenenamento, a comida de Queiroz, por exemplo, é tratada separadamente da dos demais presos. Queiroz inclusive reclamou da qualidade das refeições em seu depoimento ao Ministério Público.

Queiroz é o personagem central na investigação das famosas “rachadinhas” envolvendo, o Senador Flávio Bolsonaro e filho do Presidente Jair Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram