Piloto da Formula 1 quase morre após 29 segundos entre as chamas

Neste domingo (29), o piloto Romain Grosjean, atuante na Formula 1 pela equipe Hass, passou por um grande apuro nesta primeira volta do GP do Barein. Após tentar ultrapassar carros mais lentos a sua frente, esquivando-se para a sua direita, o pneu traseiro direito do seu carro acabou encontrando-se com o bico do carro do russo, Kvyat, da equipe AlphaTauri e o arremessou para o guard rail.

Pode-se afirmar que o grande automobilista recebeu uma segunda chance, pois mesmo com o impacto sofrido e ficando 29 segundos dentro das chamas, o piloto conseguiu manter a consciência e conseguiu escapar da morte.

Romain Grosjean sofreu leves queimaduras nas mãos, mas sem nenhuma fratura. Consciente, o piloto foi encaminhado ao centro médico do autódromo de Sakhir, e, logo após, transportado de helicóptero ao Hospital Central do Barein, que fica a dez minutos do circuito. Mesmo sem lesões mais serias, o piloto passará a noite no hospital.

A prova foi paralisada por conta do acidente e porque o guard rail ficou bastante danificado. Os responsáveis pela infraestrutura do autódromo começaram imediatamente o trabalho de reconstrução da barreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
YouTube
Instagram