Salvador: Milhares de itens falsificados são apreendidos por Polícia Civil e Receita Federal

O proprietário da loja foi conduzido à delegacia por comercializar produtos falsificados e sem notas fiscais.

Nesta terça-feira (4), Policiais do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) apreenderam, milhares de itens eletrônicos, acessórios para celular e brinquedos falsificados em uma loja localizada na Av. Carlos Gomes, em Salvador. A operação, denominada Consumidor Legal, foi deflagrada pela Receita Federal e pela Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon). 

A ação, que investiga os crimes de contrabando e descaminho, levou à condução do proprietário à delegacia. Representantes das marcas estão presentes na operação. 

“Produtos como estes, que não passam por órgãos fiscalizadores, podem causar diversos danos à sociedade, como explosões e acidentes domésticos, além de não ter garantia” relatou a titular da Decon, delegada Maria Aparecida Guerra.  

Os itens recolhidos serão encaminhados para a Decon e, posteriormente, para a Receita Federal. “É retirado tudo que tem suspeita de falsificado e sem pagamento de impostos. A partir daí, os produtos falsificados são destruídos e os originais sem nota fiscal podem ser doados ou ir para leilão”, informou o auditor da Receita Federal Klaus Schlucking. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram