Lauro de Freitas: Agentes da Guarda Municipal são acusados de atirarem contra motorista

O motorista teria questionado a abordagem e decretos contra a disseminação do coronavírus

gentes da Guarda Municipal de Lauro de Freitas, na Região metropolitana de Salvador, foram acusados de terem disparado tiros de arma de fogo contra um carro, na noite deste domingo (4). A situação teria acontecido após o dono do veículo ter questionado a abordagem dos guardas, devido ao decreto municipal para contenção do coronavírus.

O caso aconteceu próximo a um bar da região de Vilas do Atlântico, o Boteco do Caranguejo. Procurado, o gerente do bar escolheu não dar entrevista. Mas a situação foi gravada por uma pessoa que estava no local. 

Nas gravações, um dos agentes é mostrado admitindo os disparos. “Dei [os tiros] no carro. Se o cara for bandido eu vou fazer o quê? Vou morrer? Tem que filmar mesmo”, grita aos agente aos populares e às quatro viaturas da Guarda Municipal no local

Através de nota, a Prefeitura de Lauro de Freitas informa que a prefeita do município, Moema Gramacho solicitou abertura de uma sindicância pela Força-Tarefa de Fiscalização, coordenada por Smith Neto, para apurar as circunstâncias dos fatos ocorridos na noite deste domingo (4), em frente ao Boteco do Caranguejo, de Vilas do Atlântico, por volta das 23h10.

Fonte: Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram